Início | Últimas citações | Lista de autores | Temas | Citações aleatórias | Vote! | Últimos comentários | Adicione uma citação

Gabriel García Márquez

Em Macondo não aconteceu nada, nem está acontecendo nem acontecerá nunca. É um povoado feliz.

Gabriel García Márquez in Cem Anos de Solidão (1967), tradução de Margarida SantiagoReportar um problemaCitações relacionadas
Adicionado por Dan Costinaş
Comente! | Vote! | Cópia! | Em inglês | Em espanhol | Em italiano | Em romeno

Share

Uma mentira é mais confortável que a dúvida, mais útil que o amor, mais duradoura que a verdade.

citação de Gabriel García MárquezReportar um problemaCitações relacionadas
Adicionado por Dan Costinaş
Comente! | Vote! | Cópia!

Share

Era inevitável: o cheiro das amêndoas amargas recordava-lhe sempre o destino dos amores contrariados.

Gabriel García Márquez in O Amor nos Tempos de Cólera (1985)Reportar um problemaCitações relacionadas
Adicionado por Dan Costinaş
Comente! | Vote! | Cópia! | Em inglês | Em espanhol | Em romeno

Share

No dia em que iam matá-lo, Santiago Nasar levantou-se às 5 e 30 da manhã para esperar o barco em que chegava o bispo.

Gabriel García Márquez in Crônica de uma Morte Anunciada (1981), tradução de Teófilo de DeusReportar um problemaCitações relacionadas
Adicionado por Dan Costinaş
Comente! | Vote! | Cópia! | Em inglês | Em espanhol | Em italiano | Em romeno

Share

Muitos anos depois, diante do pelotão de fuzilamento, o Coronel Aureliano Buendía havia de recordar aquela tarde remota em que seu pai o levou para conhecer o gelo.

Gabriel García Márquez in Cem Anos de Solidão (1967)Reportar um problemaCitações relacionadas
Adicionado por Dan Costinaş
Comente! | Vote! | Cópia! | Em inglês | Em espanhol | Em italiano | Em romeno

Share

Durante o fim-de-semana os urubus enfiaram-se pelas varandas da casa presidencial, desfizeram à bicada as redes de arame das janelas e remexeram com as asas o tempo estancado no interior e na madrugada de segunda-feira a cidade acordou do seu letargo de séculos com uma morna e mole brisa de morto grande e de apodrecida grandeza.

Gabriel García Márquez in O Outono do Patriarca (1975), tradução de José Teixeira de AguilarReportar um problemaCitações relacionadas
Adicionado por Dan Costinaş
Comente! | Vote! | Cópia! | Em inglês | Em espanhol | Em romeno

Share
 

<< < Página / 2 > >>

Adicione outra citação do mesmo autor.


Vote agora: Gabriel García Márquez

Google+

Se você considera este interessante, pode compartilhar com os outros e dizer ao Google