Início | Últimas citações | Lista de autores | Temas | Citações aleatórias | Vote! | Últimos comentários | Adicione uma citação

William Shakespeare

Hamlet: Amava Ophelia, e as affeições juntas de quarenta mil irmãos não poderiam igualar a minha.

diálogo in Hamlet, Acto quinto, Cena 1 de William Shakespeare (1599), tradução de D. Luís I, Rei de PortugalReportar um problemaCitações relacionadas
Adicionado por Dan Costinaş
Comente! | Vote! | Cópia! | Em inglês | Em espanhol | Em romeno

Share

Citações relacionadas

William Shakespeare

Hamlet: Duas mil almas e vinte mil ducados chegarão apenas para tão futil empreza.

diálogo in Hamlet, Acto quarto, Cena 4 de William Shakespeare (1599), tradução de D. Luís I, Rei de PortugalReportar um problemaCitações relacionadas
Adicionado por Dan Costinaş
Comente! | Vote! | Cópia! | Em inglês | Em espanhol | Em italiano | Em romeno

Share
William Shakespeare

A Rainha: Quanto a ti, Ophelia, desejo ardentemente que os teus encantos sejam a feliz causa da demencia de Hamlet; porque terei então esperança que as tuas virtudes o restituirão, a contento de ambos, ao primitivo estado.

diálogo in Hamlet, Acto terceiro, Cena 1 de William Shakespeare (1599), tradução de D. Luís I, Rei de PortugalReportar um problemaCitações relacionadas
Adicionado por Dan Costinaş
Comente! | Vote! | Cópia! | Em inglês | Em espanhol | Em romeno

Share
William Shakespeare

Ophelia: Sois na verdade mordaz, principe; sois bem mordaz.
Hamlet: A sua pena seria que eu deixasse de o ser.

diálogo in Hamlet, Acto terceiro, Cena 1 de William Shakespeare (1599), tradução de D. Luís I, Rei de PortugalReportar um problemaCitações relacionadas
Adicionado por Dan Costinaş
Comente! | Vote! | Cópia! | Em inglês | Em espanhol | Em italiano | Em romeno

Share
William Shakespeare

Polonio: Senhor! esteja vossa magestade certo que a minha alma põe a par a dedicação ao meu rei e o respeito e amor ao meu Deus. A menos que a minha sagacidade habitual me enganasse, descobri a verdadeira causa da loucura do senhor Hamlet.

diálogo in Hamlet, Acto segundo, Cena 2 de William Shakespeare (1599), tradução de D. Luís I, Rei de PortugalReportar um problemaCitações relacionadas
Adicionado por Dan Costinaş
Comente! | Vote! | Cópia! | Em inglês | Em espanhol | Em romeno

Share
William Shakespeare

Hamlet: Bebe os restos d'esta taça, incestuoso assassino, damnado dinamarquez. Procura a perola, achal-a-has seguindo minha mãe.

diálogo in Hamlet, Acto quinto, Cena 2 de William Shakespeare (1599), tradução de D. Luís I, Rei de PortugalReportar um problemaCitações relacionadas
Adicionado por Dan Costinaş
Comente! | Vote! | Cópia! | Em inglês | Em espanhol | Em romeno

Share
William Shakespeare

Hamlet: Hic et ubique. Vamos para mais longe. Approximem-se, e estendendo a dextra sobre a minha espada, jurem por este gladio nunca revelar o que viram e ouviram.

diálogo in Hamlet, Acto primeiro, Cena 5 de William Shakespeare (1599), tradução de D. Luís I, Rei de PortugalReportar um problemaCitações relacionadas
Adicionado por Dan Costinaş
Comente! | Vote! | Cópia! | Em inglês | Em espanhol | Em romeno

Share
José Saramago

Passado, Presente, Futuro

Eu fui. Mas o que fui já me não lembra:
Mil camadas de pó disfarçam, véus,
Estes quarenta rostos desiguais.
Tão marcados de tempo e macaréus.

Eu sou. Mas o que sou tão pouco é:
Rã fugida do charco, que saltou,
E no salto que deu, quanto podia,
O ar dum outro mundo a rebentou.

Falta ver, se é que falta, o que serei:
Um rosto recomposto antes do fim,
Um canto de batráquio, mesmo rouco,
Uma vida que corra assim-assim.

poema de José Saramago in Os Poemas Possíveis (1966)Reportar um problemaCitações relacionadas
Adicionado por Dan Costinaş
Comente! | Vote! | Cópia!

Share
William Shakespeare

A Rainha: Oh! Hamlet, cessa por piedade, obrigas o meu olhar a volver-se todo para a minha alma, e n'ella descubro máculas tão negras e tão profundamente impressas, que nada já as póde lavar.

diálogo in Hamlet, Acto terceiro, Cena 4 de William Shakespeare (1599), tradução de D. Luís I, Rei de PortugalReportar um problemaCitações relacionadas
Adicionado por Dan Costinaş
Comente! | Vote! | Cópia! | Em inglês | Em espanhol | Em italiano | Em romeno

Share

Encómio à minha mãe

Mãe minha amiga e companheira,
Professora do meu difícil caminhar,
Frágil vigor sem mostrar canseira,
Soubeste bem ensinar o verbo amar!

Noites longas sempre à cabeceira,
Tendo esta débil saúde para zelar,
Cuidados mil! A melhor enfermeira,
A tua grande vitória foi me salvar!

Presto da minha vida partiste!
Eu, de olhar imenso, vago e triste
Sozinha fiz as jornadas da mocidade,

Vês o amor que habita em mim?
Vagueio só, na lembrança do teu jardim
E nele habito quando a saudade invade

poema de Susana Custódio (2 maio 2010)Reportar um problemaCitações relacionadas
Adicionado por Cornelia Păun Heinzel
Comente! | Vote! | Cópia!

Share
William Shakespeare

Hamlet: Recordar-me de ti? Sim, sombra infeliz, em quanto a memoria não abandonar este meu cerebro desordenado.

diálogo in Hamlet, Acto primeiro, Cena 5 de William Shakespeare (1599), tradução de D. Luís I, Rei de PortugalReportar um problemaCitações relacionadas
Adicionado por Dan Costinaş
Comente! | Vote! | Cópia! | Em inglês | Em espanhol | Em italiano | Em romeno

Share
William Shakespeare

Rosencrantz: Não comprehendo, senhor!
Hamlet: Estimo muito. As palavras do traficante só tem por domicilio os ouvidos do tonto.

diálogo in Hamlet, Acto quarto, Cena 2 de William Shakespeare (1599), tradução de D. Luís I, Rei de PortugalReportar um problemaCitações relacionadas
Adicionado por Dan Costinaş
Comente! | Vote! | Cópia! | Em inglês | Em espanhol | Em romeno

Share
Marlon Brando

Se nós não somos os companheiros de nossos irmãos, que pelo menos não sejamos os executores deles.

citação de Marlon BrandoReportar um problemaCitações relacionadas
Adicionado por Dan Costinaş
Comente! | Vote! | Cópia!

Share
William Shakespeare

Polonius: Parece que o confiar cegamente na previdencia é o apanagio da minha idade, como o contrario é o defeito da mocidade.

diálogo in Hamlet, Acto segundo, Cena 1 de William Shakespeare (1599), tradução de D. Luís I, Rei de PortugalReportar um problemaCitações relacionadas
Adicionado por Dan Costinaş
Comente! | Vote! | Cópia! | Em inglês | Em espanhol | Em italiano | Em romeno

Share
Gabriel García Márquez

O mais importante que aprendi a fazer depois dos quarenta anos foi a dizer não quando é não.

citação de Gabriel García MárquezReportar um problemaCitações relacionadas
Adicionado por Dan Costinaş
Comente! | Vote! | Cópia! | Em espanhol | Em romeno

Share
William Shakespeare

Hamlet: Ser ou não ser... Eis a questão.

diálogo in Hamlet, Acto terceiro, Cena 1 de William Shakespeare (1599), tradução de D. Luís I, Rei de PortugalReportar um problemaCitações relacionadas
Adicionado por Dan Costinaş
Comente! | Vote! | Cópia! | Em inglês | Em espanhol | Em italiano | Em romeno

Share
William Shakespeare

Hamlet: O resto é silêncio.

diálogo in Hamlet, Acto quinto, Cena 2 de William Shakespeare (1599), tradução de D. Luís I, Rei de PortugalReportar um problemaCitações relacionadas
Adicionado por Dan Costinaş
Comente! | Vote! | Cópia! | Em inglês | Em espanhol | Em italiano | Em romeno

Share
William Shakespeare

Hamlet: Todos estes signaes podem parecer dor; é um papel facil de representar, mas não são verdadeira dor, são como o fato para o comediante; mas eu sinto aqui, o que não ha palavras que o expressem.

diálogo in Hamlet, Acto primeiro, Cena 2 de William Shakespeare (1599), tradução de D. Luís I, Rei de PortugalReportar um problemaCitações relacionadas
Adicionado por Dan Costinaş
Comente! | Vote! | Cópia! | Em inglês | Em espanhol | Em romeno

Share
William Shakespeare

Hamlet: Ha no mundo alguma grande perturbação. Maldição. Porque serei eu o eleito para a terminar?

William Shakespeare in Hamlet, Acto primeiro, Cena 5 (1599), tradução de D. Luís I, Rei de PortugalReportar um problemaCitações relacionadas
Adicionado por Dan Costinaş
Comente! | Vote! | Cópia! | Em inglês | Em espanhol | Em italiano | Em romeno

Share
William Shakespeare

Hamlet: Antigamente, assim como os nossos homens d'estado considerava uma vergonha ter boa letra; e se soubesses quanto eu desejei perdel-a! mas n'esta occasião foi-me maravilhosamente util.

diálogo in Hamlet, Acto quinto, Cena 2 de William Shakespeare (1599), tradução de D. Luís I, Rei de PortugalReportar um problemaCitações relacionadas
Adicionado por Dan Costinaş
Comente! | Vote! | Cópia! | Em inglês | Em espanhol | Em romeno

Share
Frederic Bastiat

Quem ousaria dizer que a força nos foi dada, não para defender nossos direitos, mas para destruir iguais direitos de nossos irmãos?

citação de Frederic BastiatReportar um problemaCitações relacionadas
Adicionado por Dan Costinaş
Comente! | Vote! | Cópia!

Share
 

Vote agora

Google+

Se você considera este interessante, pode compartilhar com os outros e dizer ao Google